A hidratação da pele é tão importante que é um dos pilares da metodologia de Gerenciamento de Pele. Saber quais são os níveis de óleo e água na pele do seu cliente é necessário porque a identificação do desequilíbrio apontará a necessidade de preparação da pele de forma mais profunda para receber determinadas técnicas, como a de peeling.

Além de saber se a pele precisa ser preparada, a medição do nível de oleosidade e hidratação pode ser usada para mostrar, com dados concretos, qual o estado da pele naquele momento e no pós-procedimento. Com certeza, isso agregará mais valor para o seu serviço estético.

 

Quais são os níveis de oleosidade e hidratação da pele ideais?

Nível de umidade (água): na pele do rosto são considerados desejáveis acima de 40% e ideais acima de 50%.

Nível de oleosidade: deve estar sempre abaixo de 32%. A absorção da hidratação da pele é extremamente prejudicada quando o nível é acima de 33%.

 

Como a oleosidade afeta o nível de hidratação da pele?

Quando o nível de oleosidade está acima do desejável, a pele não consegue absorver a hidratação profunda. Isso ocorre porque a pele cria uma barreira de óleo que impede a absorção da água de maneira adequada e profunda.

Se a pele estiver com o nível de óleo entre 18% e 30%, a água não ficará de maneira superficial na epiderme e evaporará. Mas sim, penetrará e terá seu efeito hidratante.

hidratacao da pele skinup arago

SkinUp – o aparelho para medir os níveis de óleo e água na pele

Entender quais são as porcentagens ideais de óleo e água na pele é insuficiente. Afinal, o que adianta entender se você não tiver como medir na pele do seu cliente. Para isso, você precisa conhecer o SkinUp!

O aparelho é o analisador digital que faz a leitura da umidade, oleosidade e elasticidade da pele com a tecnologia de impedância bioelétrica! Esse instrumento é de fácil operação, portátil, com display intuitivo e de fácil higienização.

 

Clique aqui para conhecer o SkinUp.

avaliação da pele, tratamentos estéticos